expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>
text-shadow:

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Ouro Preto e Mariana

O cenário encantador de ambas cidades dividem a atenção pelos sobrados que abrigam restaurantes, pousadas, garimpar peças nos antiquários e lojas de artesanato e se deliciar com as cafeterias e que já serviram de locação para filmes, seriados e novelas, exibe ainda uma imponente moldura. 


Igreja São Francisco de Assis - Mariana

Chama a atenção a criatividade dos artesãos, que confeccionam suas obras com materiais que vão da madeira, ferro, estanho (o estanho, que dá forma a jóias e objetos de decoração) e pedra-sabão. A comida mineira é servida com fartura nos restaurantes, que capricham nas receitas tradicionais.



Ouro Preto - Seguimos a nossa intuição, subindo e descendo as ladeiras e com um folheto da cidade em mãos. O título de Patrimônio Histórico da Humanidade não foi concedido por acaso. A cidade abriga o maior conjunto arquitetônico do barroco brasileiro, preservando jóias como as igrejas de São Francisco de Assis, considerada o ícone do estilo no país e obra-prima de Aleijadinho; e de Nossa Senhora do Pilar, ornamentada com mais de 400 quilos de ouro.

Praça Tiradentes e ao fundo o Museu da Inconfidência.


 Brasílica de Nossa Senhora do Pilar


Arquitetura barroca linda e colorida.

 Igreja Sta. Efigênia dos Pretos

  Igreja N S do Rosário dos Pretos (ao fundo à esquerda,)


 Igreja Nossa Senhora do Carmo

 Igreja Nossa Senhora das Mercês e Misericórdia

 Basílica de Nossa Senhora do Pilar

 Torres da Igreja de São Francisco de Paula

 Feira do Largo de Coimbra (mais conhecida como feirinha de pedra-sabão) e a Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição

 Praça Tiradentes e o Museu da Mineralogia

 Casa de Antônia Maria do Espírito Santo - Mão de Joaquina - Filha de Tiradentes


 Igreja N S do Rosário dos Pretos. 

Estação Ferroviária de Ouro Preto

A bordo de uma locomotiva que contratamos por um guia na praça da cidade (tem muitos lá), fizemos um passeio de Ouro Preto a Mariana. Muitas histórias e belas paisagens fizeram parte dos 18km de percurso entre as duas cidades. É possível comprar a passagem na estação ferroviária antes de embarcar, uma fila é formada mas muito tranquila. Nos vagões com interiores de madeira compõem a viagem no tempo que se inicia. Tem duas opões de vagões: o panorâmico e o convencional. Se optar pelo vagão panorâmico, tem que comprar a passagem com antecedência pois há somente um. Servem água mineral


Estação Ferroviária de Mariana


Mariana - Optamos fazer um passeio em grupo com o guia da locomotiva. Localizada a 12km de Ouro Preto e um pouco mais plana, Mariana foi a primeira vila, cidade e capital do estado de Minas Gerais. Preserva a arquitetura colonial que desde o século 18 enfeita o cenário histórico. Em suas praças estão guardadas uma infinidade de relíquias barrocas. 


 Praça de Mariana

 Catedral Basílica da Sé 

 SESI - Teatro Mariana

 Casa de Câmara e Cadeia 


 Praça e Centro Histórico de Mariana

 Basílica de São Pedro dos Clérigos 




Casal de Aracaju Josi e Marcelo que enriqueceram nossa viagem com sua deliciosa companhia.


Mina da Passagem - Seguimos com o guia e descemos 316 metros num carrinho por um trilho sustentado por um cabo de aço até embaixo da terra e tivemos uma verdadeira aula sobre o local e como acontecia a extração do ouro. Carrinhos, picaretas, caixas de dinamite fazem parte do cenário e concretizam ainda mais a história do local. E no final fomos surpreendidos por um lindo lago azul, permitida apenas para mergulhadores profissionais com técnicas e equipamentos apropriados seguidos de um instrutor, encerram a visita na maior mina aberta à visitação do mundo. Na saída, tem lojas de artesanatos com muitas pedras e lembrancinhas.



 Vagoneta

 Lago azul (as luzes ao fundo são mergulhadores)

 Mina da Passagem

Toten da Estrada Real.



Ambas cidades são recheadas de lojinhas de souvenirs que atendem todos os gostos e bolsos. A sugestão é usar calçados confortáveis por causa da estrutura local, na maior parte dos acessos tem ladeiras e o calçamento são de paralelepípedos ou os chamados "pé-de-moleque" e com chuva ficam bem escorregadios. 

Mariana e Ouro Preto: dois importantes destinos brasileiros, que retratam nossa cultura com um patrimônio histórico ímpar e belezas naturais. Ah.. Minas Gerais!




Makenna Figueiredo.







Nenhum comentário:

Postar um comentário