expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>
text-shadow:

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

São Miguel do Gostoso

Sabe aquela praia, deserta, com uma vista paradisíaca do mar? Assim é São Miguel dos Gostoso, uma pequena cidade que fica onde o Brasil faz a curva, no estado do Rio Grande do Norte. É uma região que venta muito e é ideal para para a prática de esportes com vela.


                           

São Miguel do Gostoso tem um significado super especial para nós, pois foi o lugar que escolhemos para passar os nossos primeiros dias de casado, há exatos dois anos atrás. A cidade mais parece uma vila, é pacata, simples, com ruas de piçarra e população muito gentil. As belas praias sem poluição, com águas mornas (típicas das praias do nordeste) e praticamente desertas, não tem restaurantes, barracas ou quiosques perto do mar. A cidade tem excelentes hotéis, a maioria em frente ao mar e restaurantes que vão da comida caseira ao cardápio internacional.


Ficamos hospedados na Pousada Enseada dos Amores, que está localizada em Touros (17km, via RN 221), mas que fica mais próximo de São Miguel (9 km, via RN 221). Ficamos num bangolô que além de lindo, amplo, super confortável, com piscina de frente para o mar, estava lindamente decorado para a nossa lua de mel. Éramos os únicos hospedes naquele dia e o café da manhã foi preparado com todo esmero,

Era tudo o que precisávamos para descansar e iniciar nossa vida conjugal. Um verdadeiro paraíso!










É muito comum ver os gostosenses sentados nas portas das casas, com suas cadeiras de balanço ou redes, vendo o dia passar.

Localizada a 101 km de Natal, São Miguel é um paraíso para os praticantes de kite e windsurf devido a intensidade do vento, principalmente no período da tarde onde turistas do mundo inteiro se reúnem na praia Ponta do Santo Cristo para a prática do esporte.

Um dos motivos que nos fez escolher São Miguel é por ser considerado o ponto onde o continente faz a curva em direção ao oeste e o Dyxklay queria muito ir onde inicia a BR 101, que é no município vizinho, Touros.

Fomos passear pela areia da praia e de longe já avistamos o solitário Farol do Calcanhar, com aproximadamente 60 metros de altura. Nosso GPS bruxo nos fez sair exatamente ao lado do farol. Mais adiante estavam as placas de sinalização "Aqui começa a BR 101", para a felicidade do meu maridinho. O farol é aberto apenas aos domingos e é mantido pela Marinha e como era uma quinta, não tivemos a oportunidade de conhecê-lo. Mas foi um prazer chegar até ali!









Pórtico muito bonitinho na entrada de Touros.

Voltando a São Miguel, fizemos um passeio pelo parque eólico e fomos até a praia que leva o nome da cidade onde apreciamos o pôr do sol. Como ainda não era alta temporada, encontramos poucos turistas fazendo passeios de buggy, bicicleta, quadriciclos e até a cavalos. Com muita natureza e faixas extensas de areia, é ideal para quem gosta de caminhadas.











Curiosidade: Conversando com uma nativa que conhecemos, nos relatou que o nome Gostoso foi acrescentado a São Miguel por causa de um homem contador de histórias divertidas e tinha uma risada muito gostosa. Passou a ser chamado de "seu Gostoso" e ficou tão popular, que as pessoas se referiam à vila como a vila de "São Miguel de Seu Gostoso" e assim ficou! Peculiaridades do meu nordeste e de cidades do interior, onde todo mundo se conhece.


Portal da cidade muito simpático, está escrito assim na entrada: "Venha pra cá, o paraíso é aqui."

E na saída: "Achou gostoso... Volte sempre!"


Desejando voltar e desbravar mais belas praias que aquela região oferece.

Makenna Figueiredo
Fotos: Dyxklay Figueiredo

2 comentários:

  1. Adoro as praias do Nordeste, principalmente do Rio Grande do Norte. Só lugar paradisíaco! Gostei muito dessa viagem de vocês. Fiquei com vontade de conhecer!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, as fotos não mostraram a beleza de São Miguel, vale muito a pena não ficar em Natal e passar uns dias por lá. Te garanto, é Gostoso!
      Beijos!

      Excluir