expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>
text-shadow:

quarta-feira, 2 de maio de 2018

São João em Campina Grande

Junho batendo na porta e a saudade do Nordeste começa a doer no peito. Como saudosa nordestina e campinense que sou, escrevi um post com dicas sobre o Maior São João do Mundo que é o da minha cidade, Campina Grande, na Paraíba.

Foto: Pinterest
OBS: Caros leitores, por causa da greve dos caminhoneiros, a data da abertura do Maior São João do Mundo sofreu alterações, foi adiada para 8 de junho a 8 de julho. Os 30 dias de festa permanecem. Para maiores informações, sugerimos consulta no site do G1, clicando aqui e fique por dentro da mudança que ocorrerá nas atrações do Parque do Povo.


Atenção cabritas e cabritos de plantão, a galera que adora viajar pelo Brasil e conhecer com mais intensidade a nossa cultura: prepare a camisa xadrez, a sola do sapato que vem aí dicas de ouro para quem quer conhecer uma festa junina de verdade.

Para o nordestino, não existe época mais bonita e mais festejada do que essa. Como boa nordestina que sou e amante das minhas raízes, no período junino a saudade só aumenta.


A ansiedade começa depois que o carnaval acaba e iniciam as especulações sobre as atrações que irão tocar no Parque do Povo (entre os nativos, é mais conhecido como PP, ou seja, a #hastag #partiupp  é a mais utilizada durante os 30 dias de festa e é o local onde acontece a festa principal. E não é exagero. São 30 dias de festa, sim. Esse ano, de 01 de junho a 02 de julho.


Como esse ano tem Copa do Mundo, em dias de jogos, o palco do Parque do Povo vira um grande telão para sediar os jogos gratuitamente para todos. Certamente, a cidade estará "vestida" de verde e amarelo.


Saudade da beleza das bandeiras coloridas enfeitando as ruas e casas. Do forró pelos quatro cantos da cidade. Da canjica, da pamonha com queijo de coalho, do milho cozinhado ou assado na brasa, das fogueiras ardendo nos olhos e deixando nossas roupas com cheiro horrível de fumaça. De assistir as belas apresentações das quadrilhas.



Saudade de experimentar todos aqueles caldinhos que servem de tira gosto depois de tomar aquelas cachaças malucas que vendem por lá. E depois comer um pastel gigante ou levar para casa uma maçã do amor.

Tá bom né? Chega de chororô e vamos ao que interessa: as dicas sobre o São João de Campina Grande.



Por mais que a festa junina tenha perdido 70% da sua originalidade, ganhando ares de modernidade a cada edição, cedendo espaço para artistas que trazem um tal de "forró moderno" e os sertanejos que invadem nossos ouvidos e os palcos, fugindo do "menu regional", o autêntico e gostoso forró, é uma festa linda e que enche os nossos corações de alegria e orgulho. Tem espaço para todos, desde o catador de latinhas de lixo até os grandes empresários que lá estão instalados. Não é a tôa que os hotéis ficam lotados meses antes e as tarifas sobem absurdamente. O São João é o nosso Natal, é a neve na cordilheira que as pessoas vão para esquiar, é o verão nas praias, é o Natal Luz de Gramado. Todo mundo arranja uma 'brechinha' para ganhar um extra e não há quem não se apaixone ou almeje conhecer.


São mais de 2 milhões de pessoas que visitam as instalações durante todo o mês de junho, 30 dias de festa e esse ano chega na sua 25ª edição. A estrutura é quase impecável. Segue a programação:

Foto:Grupo do WhatsApp da família


Parque do Povo ou "PP" = É onde a festa acontece. Com uma área de 43 mil metros quadrados, fica situado no Centro da cidade é onde acontecem os famosos 30 dias de festa, com apresentações de quadrilhas, shows de artitas nacionais e regionais no palco principal, onde também estão instalados os melhores restaurantes da cidade. É forró por todos os lados minha gente! Três palhoças ou ilhas de forró são espalhadas pelo reduto. E elas tem nome, viu: Zé Lagoa, Seu Vavá e Zé Lagoa, onde  acontecem apresentações de trio de forró-pé-de-serra. Na Pirâmide, acontecem as apresentações das quadrilhas e também alguns shows. Para os mais exigentes, tem camarotes particulares com mais conforto e menos tumulto. 


Foto: Pintrest

A fogueira, símbolo maior das comemorações juninas, é grandiosa: tem 20 metros de altura e fica acesa (iluminada artificialmente) durante os 30 dias de festa e é um dos principais cartões postais do PP junto com a réplica da Catedral e a Vila Nova da Rainha (reprodução de como era Campina Grande antigamente).


Foto: Pintrest



* Vila Forró, Spazzio e o Clube Campestre = São casas de show privadas que trazem atrações de todo Brasil. Para quem deseja "fugir" da multidão do PP ou pretende zerar todas as atrações, não pode deixar de ir. 

Maiores informações: Spazzio Campina Grande

Clube Campestre

Programação Vila Forró e Spazzio

* Expresso Forrozeiro ou a Locomotiva Forrozeira = Trata-se de uma locomotiva com seis vagões. Cada vagão tem um trio de forró pé-de-serra tocando com destino ao distrito de Galante. Em Galante o forró continua. Um pavilhão enorme e um fuzuê danado de gente toma conta do lugar. Vá o mais confortável possível. Meninas, nada de salto #pufavô !!!! 

Maiores informações: Locomotiva do Forró 2018


Foto: Locomotiva Forrozeira

* Sítio São João é uma réplica perfeita de um sítio de verdade. Frequentado principalmente pelas famílias, é um local muito gostoso de passear e conhecer um pouco mais da cultura paraibana. E lá também tem palco com atrações, são gravados programas de TV e há também restaurantes.



Vila do Artesão, como o próprio nome diz, é uma vila onde são vendidos artesanato local e também tem apresentações de trios de forró.



Para os interessados, os ingressos das festas nas casas de show são vendidos no Partage Shopping que fica na entrada da cidade, nem preciso colocar endereço aqui porque é o maior shopping da cidade e se você vai a Campina Grande, certamente irá passar por ele.

Festival de Quadrilhas Juninas: é a atração preferida do Dyxklay. Dezenas de quadrilhas se apresentam diariamente na Pirâmide do Parque do Povo e é lá que acontece uma das etapas do Festival de Quadrilhas Juninas da Paraíba. Eles capricham nos trajes, nas coreografias, na alegria e na criatividade e o investimento de cada grupo chega a R$ 200 mil. A grande campeã, vai participar de um concurso regional, através de um concurso realizado pela Rede Globo.



Ahhhh!!! Que gosta de comer levanta a mão!!!!

Experimente carne de sol com queijo coalho, milho cozido e assado na brasa, pamonha, canjica e os demais derivados de milho. Se você não curte esse tour gastronômico, saiba que Campina Grande é uma cidade com quase meio milhão de habitantes e tem opções de culinária de todos os gostos e bolsos.

Se for alugar um carro, deixe-o em seu hotel. O trânsito fica uma loucuraaa e ninguém quer perder tempo procurando estacionamento, né? Vá de táxi, Uber, moto-táxi ou busão. Só não perca a festa.

Para os solteiros de plantão, saiba que essa festa é um desfile de gente bonita. O campinense capricha no visual quando o quesito é "sair de casa" e principalmente quando se trata de festa. E se não souber dançar, eu te dou uma aulinha bem básica por aqui: chama a(o) menina(o) pra dançar, pega na cintura dela, e arrasta o pé, uma pra direita e outro pra esquerda... Ela (o) vai te conduzir. Funciona, viu? Foi assim que o carioca viajante que mora aqui em casa me conheceu e deu em casamento! 

Quer mais dicas? Basta me perguntar que terei o imenso prazer em te responder. 

E caso você vá a Campina Grande, volta aqui depois e me conta. Quero saber tudinho depois, viu!?

Um cheiro no cangote!

Maiores informações:
São João de Campina Grande

Makenna Figueiredo.













11 comentários:

  1. Ai que delícia curtir um São João! Sinto muita falta disso aqui na Europa!!! Amei relembrar um pouquinho dessa festa típica!! Beijão

    ResponderExcluir
  2. Eu querooooo muito conhecer essa parte de Jampa, quando fui não tive oportunidade de conhecer Campina Grande, tampouco era a época de festa. O que essa quadrilha junina genteee? que coisa mais linda! É a verdadeira festa do Brasil, alegria e cor. O seu post só me fez ficar ainda mais babando por essa cultura incrível do nosso Brasil. Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Que post mais feliz gente, parabéns! Saiu em ótima época para organizar uma viagem cultura pra lá! Eu ainda não conheço Campina Grande.. E a festa de São João lá, pelo que mostraram, é uma ótima pedida hein?!

    ResponderExcluir
  4. Que legal!!! Eu não sabia da força da festa junina no Nordeste até morar na Bahia, todo ano é maior festa por aqui em Porto Seguro até em Eunápolis... Parece mt legal o de Campina Grande, fiquei com vontade de conhecer!

    ResponderExcluir
  5. hahaha ameei! Definitivamente sou uma cabrita de plantão e amo viajar pelo nosso Brasil! Não sabia que era o maior São João do mundo e me deu uma vontade louca de conhecer! E ainda mais pq adorei conhecer a Paraíba! Imagina!!

    ResponderExcluir
  6. Quero muito ter essa experiência de conhecer o São João de Campina Grande!!!!!! Mas é uma época sem feriados e nunca consigo ferias no meio do ano :-( Esse seu post ficou muuuuito bom, só aumentou minha vontade de ir

    ResponderExcluir
  7. Que delícia! Deu pra sentir sua emoção e vibração lendo o post. Deve ser uma experiência fantástica, embora eu tenha restrições a lugares muito lotados, se bem que pelas comidas deliciosas que você mencionou, sem dúvida eu abriria uma exceção kkkkkkk queria eu ter férias agora e partir pra Campina Grande!

    ResponderExcluir
  8. Festa gigante e conhecida sensacionalmente! Sou de uma cidade que concorre também ao titulo de maior Sao Joao, mas acho que nao deve ganhar pra CG não kkk ( sou de Mossoro RN) abraços

    ResponderExcluir
  9. Amei ler sobre a minha cidade! Tb sou campinense e com muito orgulho :) !! E vc descreveu super bem o Maior São João do Mundo! Tive vários flashbacks em minha mente enquanto lia! Pena que, como vc falou, está existindo esta "modernização" das atrações, com algumas bem toscas e destoantes, para falar a verdade! A cada ano, torço para o nosso São João não perder suas raízes e não deixar a cultura local de lado!!

    ResponderExcluir
  10. Nossa que legal saber dessa festa! Sou fanática por festas juninas e com certeza o seu post me deixou mais animada ainda para o mês de junho! Pena que não vou poder curtir Campina Grande esse ano, mas quem sabe ano que vem?

    ResponderExcluir
  11. Gente deve ser uma delícia curtir o São João em Campina Grande.. com muita carne de sol, milho e outras comidas típicas da época de festas Juninas. Amo festa junina e estar no "berço" da Festa Junina deve ser o máximo

    ResponderExcluir